Anime & Mangá

Nem o criador de Dragon Ball tem resposta para esses 6 mistérios

Dragon Ball é quase tão conhecido por seus enigmas quanto por suas batalhas épicas e transformações de cabelo. Ao longo de suas três séries principais, a saga de Goku e companhia está recheada de pontas soltas, personagens que parecem cair no esquecimento e regras que são mais flexíveis que a elasticidade do Majin Boo.

A verdade é que essa bagunça narrativa tem seu charme, uma vez que Akira Toriyama, o gênio por trás da obra, montou essa história capítulo por capítulo, sem um planejamento a longo prazo. Essa abordagem um tanto quanto improvisada é justamente o que cativa tantos fãs.

Com o desenrolar da jornada de Goku, vários mistérios foram surgindo, deixados para trás junto com personagens e tramas esquecidas, fazendo a gente se perguntar o que diabos estava acontecendo. Aqui, mergulhamos em alguns dos mais intrigantes enigmas não solucionados.

O mistério da Lua

Uma questão lunar

Vamos começar pelo astro noturno que tem uma importância surpreendente em Dragon Ball: a Lua. Ela é crucial principalmente quando falamos de Goku e outros Saiyajins na Terra, transformando-os em enormes macacos ao ser observada.

Para evitar um desastre durante um torneio de artes marciais, Mestre Kame optou por uma solução drástica: destruir a Lua, impedindo assim a transformação de Goku. Entretanto, temos um detalhe macabro nessa história, já que Goku havia enviado um vilão, Chefe Coelho , para a Lua, sugerindo que Roshi acabou cometendo um genocídio espacial indireto.

A Lua foi restaurada mais tarde por Kami, após a cauda de Goku ser removida permanentemente, mas sofreu outra destruição pelas mãos de Piccolo por razões similares. O que permanece um mistério é como, ou mesmo se, a Lua foi restaurada após esse último episódio.

A ressurreição do Android 16

Uma conexão problemática

Outro ponto que causa estranhamento é a tentativa frustrada de ressuscitar o Android 16. Após a saga de Cell, houve uma tentativa de trazê-lo de volta à vida com as esferas do dragão, o que falhou por ser um ser artificial. Essa explicação parece lógica, considerando-se a natureza mágica das esferas.

Contudo, Android 8 aparece ressuscitado após a saga de Buu, o que contradiz essa lógica. A cena em que isso ocorre pode ter sido um acréscimo exclusivo do anime, não presente no mangá original, o que explicaria essa inconsistência.

Bills e os Dinossauros

Um enigma pré-histórico

E o dilema dos dinossauros? Em Dragon Ball Super, Bills é retratado exterminando os dinossauros da Terra devido a um desagrado pessoal, mas, paradoxalmente, os dinossauros continuam a aparecer ao longo da série.

Talvez Bills tenha apenas afetado uma geração dessas criaturas, permitindo que outras menores sobrevivessem e evoluíssem para os dinossauros que vemos hoje. A verdadeira razão por trás dessa contradição permanece um mistério, adicionando mais uma camada de intriga ao universo de Dragon Ball.

Os Super Saiyans de antigamente

Lendas e transformações perdidas

Quando se trata dos Saiyans, o passado guarda um enigma particularmente fascinante. Goku pode ter sido o primeiro Super Saiyan que vimos em mais de um século, mas histórias e lendas sugerem que ele não foi o primeiro de sua espécie a alcançar tal poder.

Vegeta nos fala sobre o lendário Super Saiyan, pintando um quadro de uma figura quase mítica. Isso nos leva a questionar: será que os Super Saiyans do passado conheceram as transformações além da primeira? Existiram, em algum ponto na história Saiyan, indivíduos que alcançaram o Super Saiyan 2 ou 3, ou essas foram inovações exclusivas de Goku?

A lenda do Deus Super Saiyan é bem conhecida, mas e as outras formas? Foram descobertas por esses guerreiros antigos ou são um feito exclusivo de Goku? E se foram ele que as criou, como exatamente ele conseguiu tal façanha? Esse mistério adiciona uma camada de profundidade à já rica história dos Saiyans, sugerindo que talvez haja mais sobre suas capacidades e evolução do que conhecemos.

A estranha mecânica de absorção de Buu

Poderes inconsistente

Majin Buu é um dos antagonistas mais intrigantes de Dragon Ball, não só por sua personalidade imprevisível, mas também por seus poderes únicos. Duas de suas habilidades mais notáveis — transformar seres em comida e absorvê-los — são tão poderosas quanto misteriosas. O que intriga é a inconsistência: por que algumas vítimas se tornam parte de Buu, enquanto outras simplesmente morrem e vão para o Outro Mundo?

Quando Buu se divide e sua metade maligna o absorve, o processo é curioso. Como isso o torna mais poderoso, se, teoricamente, ele está apenas reabsorvendo o poder que já possuía? E por que, ao absorver Gotenks, a fusão dura o tempo esperado, mas ao absorver Vegito, a fusão se desfaz quase instantaneamente? Essas perguntas adicionam um elemento de mistério às já complexas dinâmicas de poder em Dragon Ball.

O enigma da forma original de Ginyu

Ginyu é o verdadeiro Ginyu?

Capitão Ginyu é um personagem que apresenta um mistério singular: conhecemos sua habilidade de trocar de corpo, mas será que o corpo que ele ocupa quando o conhecemos é realmente o seu original? Considerando a natureza de seu poder, é razoável supor que Ginyu teria usado essa habilidade para ocupar corpos cada vez mais fortes ao longo do tempo. Isso levanta a questão: qual é a verdadeira forma de Ginyu?

A habilidade de Ginyu de trocar de corpo é uma faca de dois gumes, proporcionando tanto uma vantagem estratégica quanto um enigma sobre sua verdadeira identidade. A natureza dessa habilidade nos faz questionar não apenas sobre seu passado, mas também sobre a ética e as implicações de tal poder. O mistério em torno da forma original de Ginyu é um exemplo fascinante da complexidade e profundidade que Dragon Ball traz aos seus personagens e ao seu universo.

Dragon Ball está disponível completo na Crunchyroll.

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por
Tags: dragon ball