Anime

Jujutsu Kaisen confirma a morte de Kenjaku

Mergulhar na saga de Kenjaku em Jujutsu Kaisen (JJK) é tipo desbravar um território cheio de reviravoltas sinistras. Esse cara, sem dúvida, entrou pra galeria dos vilões memoráveis, sempre com um pé na porta e outro na escuridão.

Mesmo não sendo o mais poderoso fisicamente falando, o jeitão e as manobras dele davam a impressão de que o cara era a maior ameaça que a série já viu. Quase tudo de grande que rolou em JJK teve o dedo dele.

E Sukuna? Bom, Sukuna é aquele tipo de antagonista que marca presença pela força bruta, mas Kenjaku? Ah, o Kenjaku era mais ardiloso, um verdadeiro maestro da maldade. Mas, ó, Jujutsu Kaisen deu adeus a essa figura sinistra, com a confirmação da sua morte virando assunto entre a galera.

A saideira de Kenjaku em JJK

A forma como Kenjaku saiu de cena foi de cair o queixo, sério. O cara estava lá, de boa, na luta contra Takaba, que por sinal, foi um show de horrores e bizarrices. A galera ficou meio “O que?” com a vibe dessa luta, meio sem saber pra onde olhar. Mas depois de umas tretas bem loucas, Kenjaku até que se saiu bem contra Takaba, só que aí apareceu o Yuta e… Tchau, Kenjaku! Com uma espada só, Yuta fez o serviço completo e deixou todo mundo de boca aberta.

Muita gente tava apostando que Kenjaku ia ser o último chefão da série, então imagina o choque da galera com a notícia da decapitação dele.

Yuta e a limpeza dos Espíritos Amaldiçoados

No capítulo 249, a coisa ficou ainda mais clara. Yuta, depois de resolver as coisas com Rika, chega chegando e já vai logo esclarecendo o destino de Kenjaku. Basicamente, Yuta chegou para acabar com a festa do Kenjaku de vez, sem deixar pedra sobre pedra. Quando Yuta finalizou Kenjaku, todos aqueles espíritos amaldiçoados que o Geto tinha acumulado deram no pé.

E essa era a preocupação desde o tempo do Toji Fushiguro, que não quis acabar com o Geto por causa desses espíritos. Mas dessa vez, Yuta e Rika não deixaram nada pra trás, dominando todos eles numa boa. Kenjaku, mesmo já sem cabeça, tentou dar um último suspiro com suas técnicas amaldiçoadas, mas Yuta fechou o caixão dele sem pensar duas vezes.

Kenjaku: Um vilão inesquecível?

Kenjaku, apesar de tudo, teve seu brilho. O cara esteve por trás de grandes esquemas desde o começo, incluindo o selamento do Gojo e aquele rolo todo no Incidente de Shibuya. Mas, parece que o autor tinha outros planos e decidiu que era hora de Kenjaku dar tchau antes mesmo da grande final.

A forma como ele se foi deixou a galera meio dividida. Esperava-se mais, talvez, por tudo que ele representou como vilão. Agora que ele foi exorcizado de vez pelo Yuta, como confirmado no capítulo 249, o bastão maligno passou para as mãos de Sukuna. E com isso, a trama se adensa, com Sukuna pegando a batuta do plano maquiavélico de Kenjaku.

A Batalha final se aproxima

Agora, com a saída de Kenjaku da jogada, toda a atenção se volta para a treta entre Sukuna e Yuta. A galera tá na expectativa pra ver como essa batalha vai desenrolar, já que Yuta não é de brincadeira e tem uns truques bem legais na manga.

Relacionado: Entenda Por que Sukuna Vs Yuta é na verdade uma luta muito equilibrada em Jujutsu Kaisen

Mesmo com a partida de Kenjaku, o universo de “Jujutsu Kaisen” segue cheio de feiticeiros e usuários de maldições prontos para dar show. O próximo capítulo promete ser daqueles que deixam todo mundo de queixo caído, ansiosos pelo que vem a seguir.

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade