Categorias Anime & Mangá

10 coisas que os leitores de mangá esperam na terceira temporada de Jujutsu Kaisen

Publicado por

Parece que a segunda temporada de Jujutsu Kaisen realmente sacudiu o mundo dos animes, hein? Continuando com a mesma energia vibrante do início, esse show se firmou como um dos grandes nomes do universo shōnen na década de 2020.

E agora, com o Incidente de Shibuya já parte da história, a galera tá toda ansiosa pelo que vem a seguir na terceira temporada. Então, pra quem tá por fora, o mangá dá uma luz sobre o que esperar: Kenjaku vem com um plano maluco, jogando uma batalha real chamada Culling Game, onde ganha pontos quem eliminar o adversário. E aí, meu, é uma sequência de acontecimentos que deixa qualquer um de queixo caído.

E agora, o que vem por aí na terceira temporada de Jujutsu Kaisen?

10. Yuta Okkotsu entrará na história pela primeira vez desde Jujutsu Kaisen 0

E começando nossa contagem regressiva no número 10, temos Yuta Okkotsu fazendo seu retorno triunfal à história. Quem viu o filme Jujutsu Kaisen 0 já tá ligado em quem é o garoto. Ele é tipo um prodígio que foi treinado pelo Gojo e se tornou peça-chave no xadrez complexo do mundo dos feiticeiros de Jujutsu. No mangá, a Jujutsu High coloca ele na missão de nada menos que executar Yuji Itadori. A ideia de dois pupilos do Gojo se enfrentando é de arrepiar, mas tem muito mais rolando por trás disso.

O plano do Gojo é de fingir a morte do Yuji pela segunda vez, só pra bagunçar com a cabeça dos chefões. Yuta tá jogando no time de Gojo e Yuji, então, pode esperar que o Yuji vai “morrer” só pra ressurgir das cinzas logo em seguida. Esse esquema todo vai preparar o palco pra ele voltar com tudo pro Culling Game, e ver o Yuta em ação na animação vai ser um prato cheio pros fãs.

9. Tengen, o Imortal, entra em cena

E no número 9, Tengen, aquela entidade imortal que a galera do anime deve lembrar do Arco do Inventário Oculto, volta pra dar uma força pro pessoal da Jujutsu High. Naquele rolo todo de Riko se tornar um sacrifício pra manter o equilíbrio do mundo, Yuji e a turma vão atrás de Tengen pra buscar uns conselhos. E o Tengen, que não é bobo nem nada, tá mais do que disposto a ajudar a enfrentar Sukuna e sua galera.

8. O jogo de seleção apresenta alguns encontros épicos

No número 8, entramos no coração do Culling Game, uma batalha real que coloca os feiticeiros de Jujutsu uns contra os outros em uma luta pela sobrevivência. O nível de tensão e expectativa é alto, com Yuji enfrentando um advogado que se transformou em feiticeiro, dominando até argumentos de tribunal como se fossem magia. Megumi se vê em uma encruzilhada, literalmente entre a espada e a parede, em sua batalha contra Reggie e sua equipe.

Yuta, por sua vez, enfrenta uma série de desafios, lutando contra múltiplos adversários ao mesmo tempo, enquanto Maki e Panda têm seus próprios combates para vencer. Maki passa por uma transformação significativa, e Panda por pouco não é completamente destruído. Cada confronto no Culling Game carrega consigo enormes implicações para o futuro do mundo Jujutsu, marcando este jogo como uma peça central na estratégia de Kenjaku.

7. Alguns feiticeiros de Jujutsu reencarnados fazem aparições

No número 7, mergulhamos na intrigante dinâmica dos feiticeiros de Jujutsu reencarnados participando do Culling Game. Além dos novos talentos, alguns dos competidores são feiticeiros do passado, trazendo consigo habilidades e motivações enigmáticas. Entre eles, destacam-se Hagane Daido, um mestre da espada sem par, e Rokujushi Miyo, um lutador de sumô com um zelo incomum. Esses veteranos do passado elevam o nível do desafio para os estudantes da Jujutsu High.

Eles se aliam a Maki na luta contra Naoya Zenin, um membro reencarnado da linhagem de Maki agora como um espírito amaldiçoado. A contribuição de Daido e Miyo é decisiva, ajudando a superar as sombras que assombram o clã Zenin. Sua participação é crucial para a dinâmica do jogo.

6. Maki atinge seu pico na batalha contra Naoya

Chegando ao número 6, focamos em Maki, que, apesar de sua falta de energia amaldiçoada, se destaca por sua destreza com armas encantadas e óculos que a permitem ver espíritos amaldiçoados. Em sua luta contra Naoya, Maki ultrapassa seus limites, emergindo como a guerreira mais formidável da linhagem Zenin desde Toji. Essa vitória não apenas redefine sua posição dentro do clã, mas também marca um ponto de virada para seu papel na história.

Dentro do domínio de Miyo, onde o tempo acelera, Maki se envolve em centenas de lutas de sumô, cada uma aumentando seu poder. Armada com a katana de Daido, ela consegue subjugar Naoya, uma vitória que pode mudar seu destino. Com Nobara fora de cena, o caminho está aberto para Maki assumir um papel ainda mais central na narrativa de Jujutsu Kaisen.

5. Feiticeiros Jujustu se tornarão alvos dos governos mundiais

No número 5, a trama se expande além dos limites da feitiçaria para envolver questões geopolíticas. Após o Incidente de Shibuya e a instauração do Culling Game, Kenjaku revela o mundo da feitiçaria Jujutsu aos líderes mundiais, despertando o interesse global pelo potencial da energia amaldiçoada como recurso renovável. A reação dos Estados Unidos é particularmente agressiva, com planos de capturar feiticeiros de Jujutsu para extrair essa energia.

Essa operação se encaixa perfeitamente nos planos de Kenjaku, que visa usar os soldados como iscas para gerar uma quantidade massiva de energia amaldiçoada, necessária para sua fusão com Tengen. Yuji e seus aliados entram em ação para tentar salvar os soldados das garras dos espíritos amaldiçoados, destacando o alcance global e as implicações políticas das suas aventuras.

4. Yuta Okkotsu luta contra um feiticeiro que enfrenta séculos de fome

No número 4, mergulhamos fundo na ação com Yuta Okkotsu, enfrentando desafios que vão muito além do ordinário na colônia Sendai. Entre os oponentes, um destaca-se não apenas pela estranheza, mas pelo terror que evoca: um espírito amaldiçoado de barata de grau especial capaz de inundar seus adversários com uma horda de baratas. Além disso, Yuta confronta Uro, um feiticeiro notavelmente poderoso, e Ryu, um feiticeiro reencarnado com um desejo ardente por uma batalha épica que ele espera por séculos.

Yuta se encontra em uma situação extremamente delicada, mas, com a ajuda de Rika, consegue reabastecer sua energia amaldiçoada. A batalha que se segue é intensa, com Yuta dando a Ryu a “sobremesa” que ele tanto ansiava. Ver Yuta superando cada um de seus formidáveis adversários e reivindicando seus pontos é, por si só, um deleite para os fãs.

3. Um jogador rival quase mata o Panda

Movendo-nos para o número 3, enfrentamos o perigo iminente de morte que assombra Panda, um dos personagens mais queridos de Jujutsu Kaisen. Durante o Culling Game, Panda se depara com Hajime Kashimo, que utiliza raios amaldiçoados contra seus adversários. Apesar de Panda tentar se defender com seus núcleos irmãos, Kashimo prova ser um oponente implacável, destruindo o corpo de Panda e deixando-o à beira da morte.

A intervenção de Hakari, usando sua habilidade de sorte, é decisiva. Hakari enfrenta os raios de Kashimo e, embora perca um braço no processo, consegue uma vitória crítica. Panda, por um triz, escapa da morte, e a habilidade de Hakari marca um ponto de virada nessa batalha desesperadora.

2. Sukuna encontra um novo hospedeiro

No número 2, a série toma um rumo inesperado e sombrio. Sukuna, o antagonista malevolente que havia tomado o corpo de Yuji como hospedeiro, encontra uma nova residência em Megumi.

Este desenvolvimento não só deixa Yuji desolado, ao perder o controle sobre seu amigo próximo, mas também ameaça desequilibrar completamente as forças em jogo dentro do universo de Jujutsu Kaisen. A transferência de Sukuna para Megumi, que possui uma quantidade significativamente maior de energia e poder amaldiçoados, torna Sukuna uma ameaça ainda mais formidável.

1. Gojo fica sem selo

Finalmente, no número 1, a narrativa alcança um ponto crítico com o deslacre de Gojo. Após ter sido selado por Kenjaku no início do arco do Incidente de Shibuya, Gojo — o feiticeiro mais poderoso do mundo — se liberta e imediatamente parte em perseguição a Kenjaku e Sukuna. Esse ato não apenas nivela o campo de batalha, mas também redefine as regras do jogo, com Kenjaku mudando os termos do Culling Game.

A emergência de Gojo sinaliza uma nova fase na luta contra Kenjaku, com os feiticeiros da Jujutsu High se reunindo para enfrentar seus adversários em um confronto que promete ser épico. À medida que o Jogo de Culling se encaminha para um clímax ainda não resolvido, o destino dos jogadores, Kenjaku e Sukuna permanece incerto, com a promessa de mais ação e reviravoltas.

Leia também: Jujutsu Kaisen: 11 Feiticeiros Antigos mais poderosos

Acompanhe-nos no Google News para receber as últimas notícias de anime!

Daniel Oliveira

Criador e escritor do site animerant.com.br. O site foi criado exclusivamente para comentar sobre os animes e mangás e oferecer entretenimento geek para os entusiastas do meio.

Publicado por

Posts recentes

Criador de One Piece revela qual personagem mais o incomoda na série

Eiichiro Oda, o cara por trás de One Piece, revelou para os fãs quem é…

09/04/2024

Spoilers completos do capítulo 256 de Jujutsu Kaisen

Saíram os primeiros spoilers do capítulo 256 de Jujutsu Kaisen. Confira abaixo! Pagina 1 O…

04/04/2024

A terceira temporada de Jujutsu Kaisen será a melhor até agora

Jujutsu Kaisen mal acabou de fechar o capítulo da sua segunda temporada e já está…

28/03/2024

Jujutsu Kaisen: Quem são os feiticeiros mais fortes do final da série?

Jujutsu Kaisen tá no meio do arco Shinjuku Showdown e, a cada novo capítulo, parece…

28/03/2024

One Piece: Qual é o verdadeiro objetivo do Gigante de Ferro?

No universo de One Piece, o Gigante de Ferro virou o centro das atenções, e…

28/03/2024

Jujutsu Kaisen perdeu oficialmente o que o tornava tão bom

Parece que Jujutsu Kaisen estava no topo do mundo, com todo mundo na expectativa pela…

28/03/2024

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site.

Leia mais