Anime

“São como escravos”: Terumi Nishii, veterano da indústria de anime, comenta sobre animadores em tempo integral

Terumi Nishii, que tá na área de animação faz uns 20 anos, tá falando alto sobre como tá difícil a vida na indústria de anime no Japão hoje em dia.

Ele, que já meteu a mão em obras famosas tipo JoJo’s Bizarre Adventure e Rurouni Kenshin, deu uma palavrinha com a galera da Anime News Network sobre um montão de problema que tá rolando nos estúdios, tipo a falta de uma força sindical de respeito, a mania de contratar gente que ainda tá verde e como os trabalhadores fixos estão sendo espremidos até não poder mais. O Terumi tá tentando dar uma força na NAFCA (Associação Nipônica de Filme e Anime) pra ver se consegue melhorar a situação.

Os trabalhadores da área de anime estão penando com carga de trabalho pesada e uma demanda que não para de crescer. Segundo o Terumi, tem estúdio aí que tá levando a galera ao limite, com horas extras que não acabam mais ou metas impossíveis de bater. Ele citou a MAPPA (que faz Jujutsu Kaisen e Attack on Titan) como exemplo de lugar onde a galera tá sofrendo. Ele diz que isso é o que acontece quando você tem uma indústria acostumada a exigir horas e mais horas de trampo.

Terumi falou que tem uma carência de animadores no mercado, o que tá fazendo os estúdios contratarem gente que ainda tá aprendendo. E aí, quem se lasca são os animadores mais experientes, que têm que gastar um tempão corrigindo os erros dos novatos. Pra completar, sem sindicato que preste, fica difícil negociar salário ou reclamar de alguma coisa. “Se você não faz parte de um grupo, tá ferrado”, ele disse. “Porque sozinho você não consegue nada, e mesmo que a situação de um melhore, isso não quer dizer que vai melhorar pra todo mundo.”

Mesmo não sendo membro oficial da NAFCA, o Terumi tá dando uma mão pra eles fazerem uma pesquisa com animadores por todo o setor. A ideia é jogar na cara do governo japonês como tá a situação, pra ver se eles fazem alguma coisa. A NAFCA também quer criar um teste pra avaliar melhor as habilidades dos animadores, o que pode ajudar os novatos a se aprimorarem. Além disso, ele e a Ayano Fukumiya, da NAFCA, estão chamando os sindicatos que já existem, tipo o SAG-AFTRA, pra ajudar a organizar uma força sindical de verdade pros animadores no Japão.

Fonte: Anime News Network

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade