Anime

Naruto Shippuden: Quem foi realmente o melhor antagonista da série?

Numa boa, a saga do Naruto não seria a mesma sem aqueles vilões que a gente ama odiar, né? O Masashi Kishimoto mandou muito bem ao criar uma galera pra desafiar o Naruto, fazendo com que ele se superasse a cada etapa. O mais legal é que esses antagonistas não eram vilões só por ser; cada um tinha suas razões, muitas vezes nascidas de um passado difícil, mostrando que tem muita história por trás de cada atitude deles.

Ao longo de Naruto, a gente viu o Naruto Uzumaki crescendo e se tornando mais forte, e isso tem muito a ver com os inimigos que ele enfrentou. Alguns desses caras realmente se destacaram, seja pelo visual único, a personalidade marcante, os ideais que defendiam ou a força que fazia o Naruto se puxar mais. Esses encontros não só testaram o Naruto, mas também o moldaram no shinobi lendário que ele se tornou.

Quem foi realmente o melhor antagonista de Naruto?

O que define um bom antagonista?

Com tantos personagens marcantes em Naruto, escolher o vilão mais icônico exige a gente definir uns critérios. Claro que só vale considerar os grandes antagonistas, deixando de lado os mais passageiros e também os anti-heróis, que jogam em outra liga.

Um bom vilão precisa ter uma presença de cena, ideais que façam a gente pensar, uma história bem construída, um arco que fecha direitinho e, claro, ser uma ameaça real pro herói.

Avaliando os antagonistas da Parte I

Logo de cara, no comecinho da série, o Zabuza já mostrou que os vilões de Naruto iam ser complexos e cheios de camadas. Ele era ameaçador, sim, mas com o tempo a gente até passou a entender um pouco as razões dele.

Por outro lado, o Orochimaru levou a maldade a outro nível. Com experimentos humanos bizarros e uma sede de poder sem fim, ele realmente botou medo em todo mundo, se tornando uma figura quase invencível por um bom tempo.

Como a Parte II redefiniu os vilões da série?

Mesmo depois do salto temporal na história, Orochimaru continuou sendo aquele vilão que a gente adorava odiar, especialmente pela sua influência sobre o Sasuke. Mas aí veio o Pain, e com ele, um novo jeito de entender o que é ser um antagonista. Pain não só trouxe destruição como também fez o Naruto questionar tudo o que ele acreditava, marcando um ponto de virada na história e na vida do Naruto.

Esse duelo de ideias entre o Naruto e o Pain foi tão intenso quanto a luta física, talvez até mais. Quando o Naruto finalmente derrotou o Pain, usando tudo o que aprendeu sobre compaixão e entendimento, foi o ápice da sua jornada, mostrando que ele realmente tinha se tornado o herói que sempre sonhou ser. E sério, sem um adversário do calibre do Pain, esse momento não teria sido tão épico.

Os melhores vilões de Naruto, ranqueados

3. Kaguya Otsutsuki

A vilã que arruinou tudo

Aí, quando a gente achava que o Madara ia levar tudo, apareceu a Kaguya Otsutsuki, graças a uma virada de jogo do Zetsu Negro. Kaguya, apesar de ser a grande vilã, não convenceu muito.

Seus poderes eram fora de série, sim, mas faltou aquela essência, aquele motivo mais profundo que faz a gente até entender (mesmo não concordando) por que o vilão faz o que faz. E isso acabou deixando ela meio apagada na memória da galera, mesmo com toda a importância que teve pra história continuar em Boruto.

2. Madara

Lutando contra o mundo

Madara Uchiha entrou na cena como um daqueles vilões que você não esquece fácil. O cara tinha um passado cheio de ideais, mas que acabou se perdendo no caminho por conta de tanta coisa ruim que viu no mundo dos shinobi. Mas não dá pra comparar ele com ninguém, não.

Madara jogava em outra liga com seu poder absurdamente alto e uma inteligência para o mal que deixava todo mundo de queixo caído. Ele foi o mestre das sombras, manipulando tudo e todos, inclusive fazendo o Obito Uchiha cair na sua lábia. Foi ele quem armou uma das maiores tramoias da história, colocando em prática o tal Plano Olho da Lua.

Quando o Madara voltou à vida na Quarta Guerra Mundial Shinobi, foi um show à parte. O cara enfrentou um exército inteiro sozinho e não deixou a desejar, cumprindo todas as expectativas que a gente tinha depois de tanto suspense. Ele passou o rodo nos Cinco Kage, no Naruto, no Sasuke e ainda virou o jinchuriki do Dez-Caudas, quase botando o mundo inteiro pra dormir no Tsukuyomi Infinito.

1. Pain/Nagato

O título de melhor vilão vai para…

Pensando em todos esses caras incríveis que deram trabalho pro Naruto, três nomes se destacam: Orochimaru, Pain e Madara. Cada um teve seu brilho único e trouxe algo novo para a história. Mas, entre altos e baixos, o Orochimaru meio que se perdeu no final, e a saída do Madara também deixou um gosto meio amargo.

Pain, por outro lado, teve um fim de história que fechou com chave de ouro. O diferencial dele é que, no fundo, ele não queria guerra; só queria paz, mesmo que os métodos dele fossem questionáveis. Esse desejo sincero de acabar com a dor do mundo, mais a maneira como ele desafiou o Naruto a pensar diferente, faz do Pain o vilão mais marcante de Naruto. Ele não só foi um adversário à altura como também deixou uma marca profunda no coração dos fãs e na jornada do próprio Naruto.

E aí, concorda com a gente sobre o pior e o melhor antagonista de Naruto Shippuden? Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias de anime!

Leia também: 5 vezes que o Sasuke realmente ficou com medo do Naruto

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por
Tags: naruto

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade