Anime & Mangá

Como o TikTok e as mídias sociais mudaram a indústria dos animes

Publicado por

A indústria dos animes, outrora vista como um nicho de mercado, tem ganhado crescente popularidade, especialmente devido ao advento da internet e das mídias sociais. O que antes era um interesse peculiar a um grupo seleto de fãs, ganhou um vasto público e uma grande comunidade de seguidores. As mídias sociais desempenharam um papel crucial na disseminação do anime, com o TikTok, lançado internacionalmente em 2017, mostrando-se um dos principais canais dessa expansão.

O anime encontrou uma inovação no TikTok

Os fãs de anime encontraram no TikTok uma plataforma perfeita para expressar seu amor por suas séries favoritas. Eles compartilham videos de fan art de personagens famosos, como Makima de Chainsaw Man e Satoru Gojo de Jujutsu Kaisen. Eles também usam a plataforma para compartilhar cosplays criativos, conquistando a admiração de milhões de seguidores em todo o mundo.

Diversas tendências de TikTok relacionadas ao anime se tornaram virais, como o popular kabedon de silhueta, geralmente envolvendo personagens conhecidos como Bakugo de My Hero Academia. No entanto, o TikTok não é a única plataforma usada pelos fãs de anime para expressar sua paixão. Outras plataformas de mídia social, como YouTube, SoundCloud e Instagram, também são amplamente utilizadas para compartilhar conteúdo relacionado ao anime.

Na era pré-internet, os fãs de anime lutavam para encontrar outros com interesses similares no mundo real. Antes dos anos 2000, a arte do anime era um nicho com os fãs muitas vezes estigmatizados e estereotipados. No entanto, a mídia social mudou essa narrativa, tornando o anime mais aceitável para o público mainstream, especialmente com o endosso de celebridades como Michael B. Jordan e Megan Thee Stallion.

Além disso, a mídia social possibilita que as empresas de anime e mangá rastreiem o que é tendência entre os fãs, permitindo estratégias de marketing mais direcionadas. Aproveitando o crescente interesse em animes, muitas empresas estão colaborando com produtores de anime e mangá para criar produtos que atraem os fãs de anime. Exemplos disso são os cosméticos inspirados em Sailor Moon e Naruto produzidos pela ColourPop, e a linha de moda urbana com personagens de My Hero Academia da NBA e HYPERFLY.

O aumento da exposição do anime tem atraído espectadores curiosos para o gênero, fazendo com que as plataformas de streaming compitam para obter licenças de novas séries de anime, agora em alta demanda. Em resumo, a mídia social foi fundamental para o anime se tornar um meio amplamente reconhecido e amado.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias de anime.

Matheus Gimenez

Escritor do animerant.com.br e um entusiasta do universo dos animes que não curte muito mangás, mas quando pega para ler, termina em pouquíssimo tempo.

Publicado por

Posts recentes

Este era o visual original do Chopper em One Piece, e ele seria bem diferente

Tony Tony Chopper é uma graça de personagem, um dos mais queridos da turma do…

22/02/2024

Esta foi a história japonesa que inspirou Masashi Kishimoto a criar os Sannin de Naruto

Os personagens icônicos de Naruto, os Sannin lendários Jiraiya, Tsunade e Orochimaru, têm mais profundidade…

22/02/2024

Você foi enganado? O Rasengan do Naruto não é azul no mangá

No universo dos animes, tem uma galera superpoderosa que manda ver em habilidades de arrepiar.…

22/02/2024

Não foi o Naruto! Somente um personagem teve o sonho do Tsukuyomi Infinito que virou realidade

Quando Madara Uchiha lançou o Tsukuyomi Infinito, ele pegou vários ninjas nesse genjutsu, onde seus…

22/02/2024

Depois de mais de 20 anos, One Piece finalmente vai revelar um dos maiores mistérios da série

Finalmente chegou a hora que os fãs de One Piece estão esperando há tantos anos.…

22/02/2024

One Piece: Quem é o segundo membro mais forte das Supernovas?

Em One Piece, as 11 Supernovas são piratas de destaque que causaram a primeira grande…

22/02/2024

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site.

Leia mais