Anime

Como a história de Joy Boy de One Piece mudou a série para sempre

Joy Boy sempre foi um enigma em One Piece, e por quase 900 anos, as pistas sobre sua existência foram bem escassas. A gente começou a ouvir falar dele lá no capítulo 628, quando a Nico Robin deu uma olhada no Poneglyph de Ryugu na Floresta do Mar. Depois disso, o nome Joy Boy apareceu várias vezes, deixando todo mundo curioso sobre quem ele realmente era. E aí, no arco de Wano, caíram algumas informações valiosas sobre sua verdadeira identidade.

Quando a Robin estava lendo o tal Poneglyph antigo, ela pensou que pudesse ser uma carta de desculpas para os Homens-Peixe. Também rolou aquela revelação de que o Gol D. Roger, o antigo Rei dos Piratas, queria ter vivido na época do Joy Boy depois de descobrir a verdadeira história do mundo em Laugh Tale. Esses pedaços de história fizeram a galera teorizar que o Joy Boy era um cara importante, mesmo que o Gorosei e o Governo Mundial tentassem esconder sua existência.

Leia também: One Piece acaba de mostrar por que Barba Negra é o maior problema pro Luffy

Tem também a teoria de que “Joy Boy” não é uma pessoa específica, mas um título para quem quer acabar com a opressão no mundo. Essa ideia ganhou força quando o King sugeriu que o Kaido poderia ser um novo Joy Boy, e o Kaido duvidou que o Luffy pudesse ser o tal Joy Boy.

Em Wano, essa teoria se confirmou. Zunesha disse que conseguia ouvir os “Tambores da Libertação” de novo e anunciou que o Joy Boy tinha retornado. Esses tambores eram sincronizados com o coração do Luffy e seu Despertar da Akuma no Mi. E o mangá mostrou os Gorosei falando que a Akuma no Mi do Luffy não era a Gomu Gomu no Mi, mas sim uma Zoan Mítica, a Hito Hito no Mi: Modelo Nika.

Dizem que o guerreiro que tem o poder do Nika dá uma liberdade incrível ao seu usuário, só limitada pela imaginação. Isso tem tudo a ver com os temas de liberdade de One Piece, já que um dos Gorosei falou que colocar sorrisos nos rostos das pessoas ao redor faz de quem tem o Hito Hito no Mi: Modelo Nika “a personificação do guerreiro da libertação”.

Então, descobrimos duas coisas super importantes sobre One Piece. Primeiro, o Luffy não é a reencarnação do Joy Boy, mas parece que o “Joy Boy” é mais um título para quem tem o poder de libertar o mundo. Segundo, o Joy Boy do passado tinha os poderes do Hito Hito no Mi: Modelo Nika, já que o Zunesha, que é bem antigo, associou o Despertar dessa Akuma no Mi com a volta do seu velho amigo.

Essa revelação sobre o Joy Boy se encaixa direitinho na história de One Piece. Apesar de ter gente que achava que o Luffy era a reencarnação do Joy Boy, isso não é verdade. A história do Joy Boy antigo só serve para reforçar os temas de vontade passada adiante, já que mais de 900 anos depois, a vontade dele ainda está sendo levada a cabo pelo Luffy e pela própria Hito Hito no Mi. E agora que One Piece tá entrando na sua reta final, provavelmente vamos descobrir mais sobre o passado do Joy Boy e sua ligação com o Governo Mundial, que tá atrás da sua Akuma no Mi há séculos.

Leia também: One Piece | A história completa de Joy Boy

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por
Tags: one piece

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade