10 detalhes importantes que Dragon Ball esqueceu no final da série

Dragon Ball, criado pelo renomado mangaká Akira Toriyama, conquistou fãs ao redor do mundo com seu conteúdo empolgante e expansivo que se estende por quase quatro décadas. O que é mais impressionante é como a série conseguiu manter sua consistência, mantendo-se fiel aos seus temas fundamentais ao longo dos anos, apesar de suas evoluções e mudanças.

As Mudanças na Abordagem da Morte

Reprodução: Dragon Ball

Inicialmente, a série estabelece uma regra clara: os vilões não podem manter seus corpos físicos no além. Isso é explicitamente mencionado por Rei Yemma e observado durante as diversas visitas de Goku ao outro mundo. No entanto, à medida que a série avança, esse detalhe é esquecido, como evidenciado pelo tratamento de personagens como Freeza, que não só mantêm seus corpos no inferno, mas também continuam a treinar.

A Incerteza sobre o Destino da Lua da Terra

Reprodução: Dragon Ball

Dragon Ball também introduz elementos cósmicos grandiosos, como a destruição da lua da Terra. A lua é destruída duas vezes ao longo da série, primeiro por Mestre Roshi e depois por Piccolo, para conter a ameaça dos Grandes Macacos. Embora as Dragon Balls sejam usadas para restaurá-la uma vez, seu destino após a segunda destruição permanece ambíguo, mesmo quando a lua reaparece em arcos posteriores como a Saga de Moro em Dragon Ball Super.

O Mistério dos Supremos Kais Absorvidos

Reprodução: Dragon Ball

Majin Buu, o vilão final de Dragon Ball Z, ganha força através da absorção de outros seres. Entre os absorvidos estão vários Supremos Kais, cujo destino nunca é realmente abordado. Mesmo quando Goku e Vegeta resgatam outros heróis do interior de Buu, o destino desses Kais permanece um mistério não resolvido, levando a questões sobre a continuidade da narrativa.

O Enigma dos Pelos Faciais dos Saiyajins

Reprodução: Dragon Ball

Dragon Ball estabelece certas regras peculiares para os Saiyajins, como a incapacidade de alterar seus penteados e pelos faciais. No entanto, essa regra é posteriormente contradita, especialmente em Dragon Ball Super e Dragon Ball GT, onde vemos Goku e Vegeta precisando fazer a barba e Vegeta aparecendo com um bigode, respectivamente.

As Regras Mutáveis da Ressurreição com as Dragon Balls

Reprodução: Dragon Ball

O universo de Dragon Ball é rico em possibilidades, especialmente quando se fala em desejos concedidos pelas Dragon Balls. Contudo, Shenron, o dragão eterno que concede desejos, opera sob algumas limitações. Embora as regras possam parecer imutáveis, novas atualizações têm sido feitas para driblar essas restrições. A chegada de novos Dragões Eternos, como Porunga e Toronbo, e a atualização do conjunto de Dragon Balls por Dende, tornam as regras originais quase obsoletas.

A Eterna (In)mortalidade do Rei Kai

Reprodução: Dragon Ball

Rei Kai, mestre de Goku e responsável pelo quadrante norte da galáxia, permanece morto desde que Goku o envolveu na explosão de uma célula autodestrutiva. Este detalhe parece ter sido ignorado pela narrativa de Dragon Ball, e o Rei Kai continua na vida após a morte com uma auréola, tornando-se um running gag na série.

A Habilidade de Cura Esquecida dos Super Saiyans

Reprodução: Dragon Ball

As transformações Super Saiyan em Dragon Ball têm várias camadas, cada uma focada principalmente no aumento da força. No entanto, a transformação original também concedeu a Goku uma habilidade de cura que nunca mais foi abordada. Mesmo quando Goku atinge o nível de Deus Super Saiyan, vemos apenas uma versão limitada dessa habilidade de autocura.

A Conexão Vital entre Deus da Destruição e Supremo Kai

Reprodução: Dragon Ball

Dragon Ball Super acrescenta uma nova camada de complexidade com a introdução de Deuses da Destruição e Anjos. Uma dessas complexidades é a ligação vital entre o Deus da Destruição e o Supremo Kai de um universo. Se um morre, o outro também morre. Este mecanismo foi brevemente abordado, mas nunca totalmente explorado, deixando os fãs se perguntando sobre as possibilidades.

O Enigma do Potencial Desbloqueado de Gohan

Reprodução: Dragon Ball

Durante a Saga de Buu em Dragon Ball Z, Gohan parece destinado a ser o herói da história. Ele treina com o Velho Kai para desbloquear seu potencial e alcançar o status “Ultimate”. Entretanto, o papel de Gohan como herói foi rapidamente ofuscado, e a natureza dessa atualização “Ultimate” permanece ambígua, especialmente em Dragon Ball Super.

A Viagem Prometida de Vegeta ao Universo 6

Reprodução: Dragon Ball

Dragon Ball Super abriu o caminho para o conceito de multiverso e apresentou um universo paralelo, o Universo 6, onde a raça Saiyan ainda prospera. Vegeta forma um laço com Cabba, um Saiyan do Universo 6, e promete visitar esse universo. No entanto, essa promessa ainda não foi cumprida, deixando os fãs ansiosos por um arco de história que explore mais o lado de Vegeta.

Esses são apenas alguns dos tópicos e ideias que Dragon Ball introduziu mas parece ter deixado de lado. Eles oferecem uma riqueza de oportunidades para futuras narrativas, caso os criadores decidam explorá-los mais profundamente.

Embora Dragon Ball tenha feito um trabalho impressionante em manter a consistência em sua longa jornada, algumas inconsistências e elementos esquecidos ainda surgem. Esses pequenos detalhes, no entanto, são facilmente perdoados pela maioria dos fãs, dada a riqueza e a profundidade que a série oferece. Mesmo com essas pequenas falhas, a franquia continua sendo um pilar no mundo do anime e mangá, envelhecendo graciosamente junto com seu público.

Confira também:

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias de anime.

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por
Tags: dragon ball