Anime

Todos os 7 animes de Dragon Ball, ranqueados do pior ao melhor

Explorando o vasto universo de Dragon Ball, a obra-prima de Akira Toriyama se estabeleceu como um pilar do gênero shonen, deixando uma marca indelével que transcende décadas.

Desde os primeiros dias nos anos 80, a saga de Goku, Vegeta, Gohan e companhia não apenas cativou corações, mas também inspirou uma miríade de outras séries, definindo o padrão para aventuras heroicas repletas de ação. O fascínio de “Dragon Ball” reside em sua habilidade única de evoluir, introduzindo novas gerações a um mundo onde guerreiros poderosos, confrontos emocionantes e transformações espetaculares são o cerne da história.

Embora a essência de Dragon Ball permaneça consistente ao longo de suas várias séries, cada uma oferece um sabor distinto, com suas próprias prioridades e nuances. Isso cria um mosaico de narrativas que, embora unidas, alimentam debates fervorosos sobre qual delas reina suprema.

A diversidade dentro desta franquia não se limita apenas aos animes e mangás; ela se expande para o território dos videogames e até mesmo dos jogos de cartas, mostrando a amplitude de seu impacto cultural. “Super Dragon Ball Heroes”, por exemplo, destaca-se como uma extensão peculiar dessa influência, servindo como uma ponte entre diferentes mídias e trazendo uma nova dimensão à experiência “Dragon Ball”.

7. Super Dragon Ball Heroes: Uma Janela para o Inusitado

A Magia dos Encontros Impossíveis

Reprodução: Dragon Ball
Classificação da MyAnimeList:5,33/10
Classificação da IMDb:6,7/10

Super Dragon Ball Heroes não é apenas mais uma adição ao universo Dragon Ball, mas uma celebração de tudo o que a franquia tem a oferecer. Esta série, que nasceu com o propósito de promover o jogo de cartas de mesmo nome, se transformou em um campo de provas para as batalhas mais extravagantes e os encontros mais desejados pelos fãs.

Imagine ver Goku Super Saiyan Blue enfrentando sua versão Super Saiyan 4, ou Bardock em sua forma Super Saiyan 3 duelando contra Future Trunks com o poder de um Deus Super Saiyan. Essas são as extravagâncias que “Super Dragon Ball Heroes” traz à mesa, junto com a reutilização de vilões icônicos das sagas de filmes “Dragon Ball Z” que, de outra forma, teriam sido relegados ao esquecimento.

A série também faz um excelente trabalho ao trazer personagens menos valorizados para o holofote, como Yamcha, e introduzir novos rostos como Fu e o Supremo Kai do Tempo. Com mais de 50 episódios divididos em arcos narrativos distintos, “Super Dragon Ball Heroes” se esforça para manter a chama da nostalgia acesa, enquanto explora novos territórios. No entanto, não se pode ignorar que, em sua essência, a série serve como uma extensa campanha publicitária, o que pode ofuscar suas qualidades mais brilhantes e deixar uma sensação de potencial não totalmente realizado.

6. Dragon Ball Daima: Uma Nova Direção

Rejuvenescendo os Heróis

Ainda na esteira das expectativas, Dragon Ball Daima promete sacudir o status quo estabelecido, introduzindo uma premissa ousada que já está gerando burburinho entre os fãs. Programado para estrear no final de 2024, este anime traz uma reviravolta intrigante, transformando grande parte do elenco em suas versões juvenis.

Esta mudança não apenas desafia os personagens a adaptarem-se a novas formas de enfrentar adversidades, sem depender de suas habilidades de “Dragon Ball Super”, mas também oferece uma oportunidade de redescobrir a essência da aventura que definiu “Dragon Ball” desde o início.

A inclusão do bastão mágico de Goku, em detrimento das transformações mais complexas de Super Saiyan, sugere um retorno às raízes da série, enquanto explora novos mundos e aventuras. Embora haja preocupações de que “Dragon Ball Daima” possa parecer uma repetição de “Dragon Ball GT”, a confirmação do envolvimento direto de Akira Toriyama e a promessa de uma produção de alta qualidade renovam as esperanças de que esta nova série possa, de fato, trazer frescor ao universo “Dragon Ball”.

5. Dragon Ball GT: Uma Aventura Nostálgica com um Toque Moderno

Desafiando Expectativas com Transformações e Aventuras

Reprodução: Dragon Ball

Relacionado: Dragon Ball GT é canônico?

Classificação da MyAnimeList:6,49/10
Classificação da IMDb:6,8/10

Dragon Ball GT se posicionou como uma ponte entre o passado e o futuro, introduzindo os fãs a um capítulo que simultaneamente homenageia e reinventa o legado de “Dragon Ball”. Lançado logo após o fim de “Dragon Ball Z”, GT explora o futuro dos personagens amados com uma premissa que os coloca em um território inexplorado, cinco anos após o salto temporal do epílogo de Z.

A decisão de rejuvenescer Goku, transformando-o em uma criança, junto com a adoção de um tom mais leve e lúdico, dividiu a audiência, especialmente aqueles que acompanharam a série desde sua infância. Essa mudança, embora controversa, ofereceu uma nova perspectiva sobre as aventuras que definiram o início de “Dragon Ball”, focando mais na exploração do que no combate direto.

Apesar desses desafios, “Dragon Ball GT” se destacou por introduzir vilões memoráveis como Baby, Super 17 e os Shadow Dragons, mostrando que poderia competir com as sagas anteriores em termos de antagonistas. A série também foi pioneira ao incorporar a transformação Super Saiyan 4, explorando os fundamentos Saiyan e as consequências dos desejos imprudentes feitos ao longo da série.

Embora “Dragon Ball GT” tenha terminado abruptamente após 64 episódios, sua contribuição para o universo “Dragon Ball” permanece significativa, destacando-se como um capítulo intrigante que poderia ter explorado ainda mais seu potencial com mais tempo.

4. Dragon Ball Z Kai: Refinamento e Redefinição

Cortando o Excesso para Realçar a Essência

Reprodução: Dragon Ball
Classificação da MyAnimeList:7,74/10
Classificação da IMDb:8,3/10

Dragon Ball Z Kai representa um esforço para destilar a essência de “Dragon Ball Z”, removendo os elementos considerados dispensáveis para apresentar uma versão mais concisa e alinhada ao material original do mangá de Akira Toriyama. Com 167 episódios, contra os mais de 100 episódios adicionais da versão original, “Kai” ofereceu aos fãs uma alternativa mais enxuta, focada na intensidade e no impacto das histórias sem o peso dos arcos de preenchimento. Embora alguns espectadores preferissem a versão original, repleta de momentos que adicionavam profundidade e cor à narrativa, “Kai” foi elogiado por sua animação refinada e abordagem direta.

Curiosamente, a existência de “Dragon Ball Z Kai” como um experimento para revisitar a série clássica não foi sem seus desafios. A intenção inicial de concluir a série após a Saga Cell reflete a incerteza em torno de sua recepção, mas o sucesso internacional motivou a continuação até a conclusão da Saga Buu. Apesar das críticas à sua narrativa truncada e às mudanças na trilha sonora, “Kai” serve como um testemunho do impacto duradouro de “Dragon Ball Z”, oferecendo uma alternativa para aqueles que buscam reviver a saga de uma forma mais acessível, mesmo que não alcance o status lendário do original.

3. Dragon Ball: O Fundamento de um Legado

Aventuras que Moldam Heróis

Reprodução: Dragon Ball
Classificação da MyAnimeList:7,96/10
Classificação da IMDb:8,5/10

Dragon Ball, a série original, é um clássico atemporal que introduziu o mundo a Goku, um herói cuja jornada do anonimato à lenda se tornou um arquétipo amado no gênero shonen. Diferente de suas sequências mais focadas no combate, “Dragon Ball” celebra os fundamentos das artes marciais e as aventuras que transformam um garoto curioso em um guerreiro respeitado.

A série traça um caminho repleto de humor, ação e, o mais importante, coração. Ao longo de suas temporadas, vemos Goku forjar amizades inabaláveis e enfrentar adversários formidáveis, da ameaça do Exército da Fita Vermelha ao embate com o Rei Demônio Piccolo. Essas narrativas não apenas entretêm, mas também semeiam os alicerces para tudo o que viria a seguir na saga “Dragon Ball”.

2. Dragon Ball Super: Uma Nova Era de Poder

Elevando as Apostas com Nostalgia e Inovação

Reprodução: Dragon Ball
Classificação da MyAnimeList:7,44/10
Classificação da IMDb:8,3/10

Dragon Ball Super retoma a tocha de “Dragon Ball Z”, apresentando um campo de jogo expandido que estende os limites do universo conhecido. Este capítulo mais recente da saga é uma mistura habilidosa de elementos clássicos e novas direções ousadas, desde a introdução de divindades e o conceito de múltiplos universos até transformações que quebram novos limites, como Super Saiyan Deus e Instinto Superior.

“Super” consegue ser tanto uma homenagem ao passado quanto um salto para o futuro, equilibrando a linha entre celebrar a nostalgia e explorar territórios desconhecidos. Embora recorra frequentemente aos triunfos de seu antecessor, a série faz isso de maneira que ressoa com os fãs de longa data, ao mesmo tempo em que atrai uma nova geração.

1. Dragon Ball Z: O Ápice do Shonen

A Definição de Épico

Reprodução: Dragon Ball
Classificação da MyAnimeList:8.17/10
Classificação da IMDb:8,8/10

E então, temos Dragon Ball Z, a série que não apenas seguiu os passos de seu precursor, mas também elevou a saga a novas alturas. Esta série capturou a essência de “Dragon Ball”, transformando-a em uma epopeia de proporções cósmicas. Com Goku agora revelado como um Saiyajin, “DBZ” expande o escopo da narrativa para incluir batalhas que decidem o destino do universo.

A introdução de vilões icônicos como Freeza, Cell e Buu, cada um representando uma ameaça existencial, definiu o padrão para o gênero. Mais do que isso, “Dragon Ball Z” é uma crônica de legado, poder e sacrifício, explorando não apenas o crescimento dos personagens através de combates, mas também através de suas jornadas pessoais e evolução familiar.

Em cada uma dessas séries, vemos diferentes facetas do mundo de Dragon Ball, desde as humildes origens até as batalhas que abalam os céus. Seja através da lente da aventura, da inovação ou do conflito épico, “Dragon Ball” permanece um pilar do anime, cada série contribuindo para o legado de uma maneira que continua a cativar e inspirar.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias de anime.

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por
Tags: dragon ball

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade