Anime & Mangá

Review – Hell’s Paradise: Jigokuraku – Temporada 1

Publicado por

Com a conclusão impressionante de “Hell’s Paradise: Jigokuraku”, os espectadores podem aguardar uma segunda temporada, conforme anunciado. Nesta fase de preparação para a nova temporada e com a estação de verão a todo vapor, é propício fazer uma retrospectiva dos pontos positivos e negativos desta temporada.

O anime “Hell’s Paradise: Jigokuraku” provou ser um aditivo valioso ao rol de animes de alta qualidade produzidos pelo estúdio MAPPA. O encerramento da primeira temporada cria um clima de expectativa palpável para o que vem a seguir.

Aspectos visuais e animação

O estúdio MAPPA fez jus à sua reputação com “Hell’s Paradise: Jigokuraku”, produzindo uma série de cenas visuais de tirar o fôlego, acompanhadas de uma animação fluida, ainda que um pouco inconstante. O destaque foi para os episódios inaugural e final, especialmente a luta decisiva contra o antagonista Mu Dan. Em comparação com as batalhas anteriores, a final apresentou uma dinâmica ainda mais intensa. Por outro lado, algumas cenas de luta na ilha ficaram aquém do padrão estabelecido pelo MAPPA em programas como “JUJUTSU KAISEN”.

A fidelidade da série à obra original de Yūji Kaku é notável, trazendo o universo de “Hell’s Paradise: Jigokuraku” à vida com brilho e cores vibrantes. O anime poderia, no entanto, ter aproveitado algumas liberdades para explorar mais os momentos significativos, tal como feito em “BLEACH: Thousand-Year Blood War”.

Adaptação

“Hell’s Paradise: Jigokuraku” se distingue por seu conteúdo mais explícito comparado ao shonen comum, assim como “JUJUTSU KAISEN” e “CHAINSAW MAN”. No entanto, a adaptação para a TV implicou em algumas alterações, como a atenuação da nudez para se adequar às normas televisivas. Apesar disso, as mudanças não prejudicaram a essência da história ou a intensidade das cenas de combate.

Ritmo da trama

A trama de “Hell’s Paradise: Jigokuraku”, que se passa ao longo de apenas três dias, proporciona ao público uma experiência intensa. A primeira temporada, que aparentemente foi uma introdução ao núcleo principal da série, desenvolveu rapidamente as relações entre os personagens, seguindo a tendência atual de produzir conteúdos mais curtos, em vez de esticar a história com episódios de preenchimento.

Em resumo, a primeira temporada de “Hell’s Paradise: Jigokuraku” foi bem-sucedida, surpreendendo muitos que tinham dúvidas sobre a qualidade da série. Com personagens cativantes, momentos emocionantes e visuais atraentes, a série se destacou entre os títulos da temporada de primavera. Embora comparada a outras produções do MAPPA, algumas nuances visuais pudessem parecer menos detalhadas, “Hell’s Paradise: Jigokuraku” conseguiu se destacar por sua fidelidade à obra original e pela qualidade geral. Nota final: 4/5 estrelas.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias de anime.

Daniel Oliveira

Criador e escritor do site animerant.com.br. O site foi criado exclusivamente para comentar sobre os animes e mangás e oferecer entretenimento geek para os entusiastas do meio.

Publicado por

Posts recentes

Você foi enganado? O Rasengan do Naruto não é azul no mangá

No universo dos animes, tem uma galera superpoderosa que manda ver em habilidades de arrepiar.…

22/02/2024

Não foi o Naruto! Somente um personagem teve o sonho do Tsukuyomi Infinito que virou realidade

Quando Madara Uchiha lançou o Tsukuyomi Infinito, ele pegou vários ninjas nesse genjutsu, onde seus…

22/02/2024

Depois de mais de 20 anos, One Piece finalmente vai revelar um dos maiores mistérios da série

Finalmente chegou a hora que os fãs de One Piece estão esperando há tantos anos.…

22/02/2024

One Piece: Quem é o segundo membro mais forte das Supernovas?

Em One Piece, as 11 Supernovas são piratas de destaque que causaram a primeira grande…

22/02/2024

One Piece: Os 10 usuários mais fortes do Haki avançado

Haki é uma das habilidades mais impressionantes do universo de One Piece. Quase todo mundo…

22/02/2024

10 melhores anime sobrenatural, ranqueados

Vamos lá, falar de anime é sempre divertido, né? Principalmente quando o assunto é aquele…

22/02/2024

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site.

Leia mais