Anime & Mangá

One Piece: Os 6 melhores poderes da Akuma no Mi de Luffy, ranqueados

Falando de Luffy, a gente precisa reconhecer que ele começou de um ponto bem modesto. Não era o tipo de cara que você olharia e diria, “Esse aí vai ser incrível”. Mas, como a vida adora uma surpresa, Luffy virou o jogo de um jeito que ninguém esperava. Ele pegou a Akuma no Mi, uma fruta com um poder que muitos achavam meio limitado, e a transformou em uma arma espetacular. Esse é o tipo de inovação que separa os bons dos extraordinários.

6. Gear Second: O Início de Uma Nova Era

Uma revolução na velocidade e potência

Quando a gente fala do Gear Second, introduzido no arco de Enies Lobby, a coisa fica séria. Luffy mostrou que não estava para brincadeira. Ele basicamente se inspirou na habilidade Soru do CP9, usando seu corpo elástico para acelerar o fluxo sanguíneo.

Isso deu a ele uma velocidade e força absurdas. Pensa num upgrade! Esse foi o momento em que ele deixou claro que tinha mais na manga do que só ser feito de borracha.

5. Gear Third: O Poder dos Gigantes nas Mãos de Luffy

Quando o tamanho realmente importa

Agora, o Gear Third é outra história. Ainda no Enies Lobby, Luffy mostrou que podia brincar com os tamanhos, inflando os próprios ossos para ficar gigante.

Esse truque transformava seus membros em armas de destruição em massa. Luffy, com um único golpe, era capaz de desmantelar navios de guerra e deixar adversários poderosos como Rob Lucci no chão, sem acreditar no que tinha acontecido.

4. Gear Fourth: O Ápice da Evolução de Luffy

Uma combinação mortal de músculo e Haki

E, claro, não podemos esquecer do Gear Fourth, uma verdadeira obra-prima que Luffy apresentou no arco de Dressrosa. Esse foi um ponto de virada. Luffy não só inflou seus músculos para se tornar uma besta de combate, mas também integrou o Haki na equação.

O resultado? Uma força bruta combinada com habilidades elásticas levadas ao extremo. Até Doflamingo, que é ninguém menos que uma lenda, não teve chance. Foi uma demonstração de poder que deixou todo mundo de boca aberta.

3. Luffy e as Múltiplas Faces do Gear Fourth

Inovação sem limites na Ilha Whole Cake

Na Ilha Whole Cake, Luffy realmente mostrou do que é capaz. O Gear Fourth já era impressionante, mas ele não parou por aí. Ele criou variações dessa habilidade, cada uma adaptada para diferentes tipos de combate.

Tem o Bounceman, que é tipo um equilíbrio perfeito entre ataque e defesa, e o Snakeman, que foca na velocidade e é ideal para combates ágeis. E não podemos esquecer do Tankman, uma verdadeira fortaleza defensiva. Essas variações do Gear Fourth mostram como Luffy é versátil e pronto para qualquer situação.

2. O Despertar do Gomu Gomu no Mi

Um momento histórico no País de Wano

No País de Wano, Luffy fez história. Ele foi o primeiro em 800 anos a despertar o Gomu Gomu no Mi, que na verdade é o Hito Hito no Mi, modelo: Nika. Despertar uma Akuma no Mi é uma tarefa colossal, exigindo um alinhamento perfeito entre mente e corpo.

Foi durante a luta intensa contra Kaido que Luffy ultrapassou seus limites e despertou sua fruta. Isso deu a ele acesso ao Gear 5, o auge de suas habilidades, transformando-o numa força da natureza.

1. Gear 5: O Poder da Imaginação Torna-se Realidade

A liberdade sem precedentes na Ilha Egghead

O Gear 5 é onde a coisa fica realmente louca. Luffy ganha uma liberdade de combate inimaginável. Ele pode fazer praticamente qualquer coisa que sua imaginação permitir, desde correr pelo ar até materializar objetos, como quando ele criou óculos durante a luta contra Lucci em Egghead.

Essa habilidade é uma demonstração de pura força e criatividade, mostrando que os limites de Luffy são basicamente os limites da sua própria imaginação.

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por
Tags: one piece