Anime

Jujutsu Kaisen: Todos paralelos entre Yuji e Mahito

A dinâmica entre herói e vilão em “Jujutsu Kaisen” geralmente faz a galera pensar logo de cara em Yuji e Sukuna, até porque o embate entre eles é meio que o coração da história. Mas, se a gente parar para analisar direitinho, o embate de Yuji com Mahito, essa Maldição do Desastre de primeira, tem suas próprias camadas que são bem intensas.

O Encontro de Ideais

Um Espelho Sombrio

Quando Mahito entrou na parada, ninguém imaginava que ele ia acabar sendo esse espelho meio distorcido do Yuji. A primeira vez que eles se enfrentaram, a diferença entre os dois era nítida. Mahito ficou vidrado no Yuji, principalmente porque não conseguia mexer na alma dele devido ao Sukuna. Esse interesse virou uma obsessão quando Yuji se jogou de cabeça para salvar o Junpei, mostrando até onde ele iria por um amigo, mesmo que isso significasse se render ao Sukuna.

A coisa toda escalou quando Yuji e seu professor, Kento Nanami, conseguiram botar Mahito no chão. A derrota só jogou lenha na obsessão de Mahito, que viu mais claramente o propósito de Yuji, especialmente durante o rolê em Shibuya. Mahito, depois de ver Yuji agindo na sua natureza, percebeu que ele fazia o mesmo.

O Confronto das Naturezas

Paradoxo Moral

O papo vai longe quando Mahito solta a real, dizendo que ele e Yuji são dois lados da mesma moeda. Enquanto Mahito mata e tortura humanos porque, bem, é da natureza dele, Yuji faz o oposto, salvando humanos e detonando Maldições sem dó. Mahito joga na roda um paradoxo moral: por que a vida humana valeria mais se os próprios humanos causam tanta destruição?

Mahito queria fazer Yuji enxergar essa realidade sombria, desafiando a visão dele sobre quem realmente é o monstro na história. A treta entre eles culmina numa luta épica, onde, após uma batalha brutal e a ajuda de Todo, Yuji tem um momento de epifania.

Reflexões e Revelações

Um Novo Entendimento

Relacionado: Afinal, a queda de Mahito foi suficiente para satisfazer os fãs de Jujutsu Kaisen?

No fim, Yuji reconhece a verdade nas palavras de Mahito, aceitando que eles são mais parecidos do que gostaria de admitir. A imagem de Yuji perseguindo Mahito, ferido e tentando fugir, é poderosa. Yuji aceita sua natureza, prometendo continuar a enfrentar Mahito, não importa quantas vezes ele volte.

Legado de uma Rivalidade

Mesmo com Mahito saindo de cena, sua influência em Yuji e na história permanece. Mahito forçou Yuji a encarar seu próprio potencial e solidificou sua determinação de ajudar os outros. Esse crescimento, acelerado pelos eventos traumáticos de Shibuya, é crucial para o desenvolvimento de Yuji.

A rivalidade entre Yuji e Mahito não é só um embate de forças, mas um estudo de personagens complexo, que adiciona camadas profundas à trama de “Jujutsu Kaisen”. Yuji, apesar de ser o mocinho que todo mundo adora, e Mahito, como um vilão que vai além da simples maldade, criam uma dinâmica fascinante que captura a atenção dos fãs, tanto na tela quanto nas páginas do mangá.

Acompanhe-nos no Google News para receber notícias de anime!

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade