Anime

Este anime de romance da temporada é imperdível e tem uma reviravolta fascinante

No universo dos animes de romance, os personagens que brincam com os sentimentos de outros de maneira sádica ou provocativa se destacam, criando dinâmicas interessantes e envolventes. Esse é o caso de duas séries que, embora distintas em abordagem, compartilham elementos semelhantes que cativam os fãs.

Hokkaido Gals Are Super Adorable!“, um destaque na programação de inverno da Crunchyroll, ecoa certos aspectos vistos em “Don’t Toy with Me, Miss Nagatoro“, especialmente na maneira como seus personagens interagem. Enquanto “Miss Nagatoro” é conhecida por revolucionar o arquétipo “sadodere” — personagens que desfrutam em provocar sentimentalmente quem gostam —, “Hokkaido Gals” aborda essa dinâmica de maneira mais suave e menos extremada.

Dinâmicas comparadas e contrastes

Reprodução: Hokkaido Gals Are Super Adorable!/Crunchyroll

Minami Fuyuki, de “Hokkaido Gals”, embora lembre a Nagatoro com suas provocações e sorrisos, não chega a adotar um comportamento tão intenso quanto o visto em “Miss Nagatoro”.

Isso não impede que os espectadores tracem paralelos entre as duas, observando semelhanças nas interações que Fuyuki tem com seu interesse amoroso, Tsubasa Shiki, especialmente quando comparadas às de Nagatoro com Naoto Hachiouji. Ainda assim, é cedo para rotular Fuyuki como uma verdadeira sadodere, dada a natureza mais branda e menos frequente de suas provocações.

Espelhando momentos e sentimentos

Reprodução: Hokkaido Gals Are Super Adorable!/Crunchyroll

Um episódio específico de “Hokkaido Gals” parece seguir de perto um enredo de “Miss Nagatoro”, onde ambos os personagens tentam provocar uma reação dos seus interesses amorosos com táticas similares, apenas para que ambos os planos acabem saindo pela culatra.

Esse espelhamento não só destaca a influência de “Miss Nagatoro” sobre “Hokkaido Gals” mas também serve para mostrar como a série mais recente pode ser vista como uma interpretação mais leve desse tema de provocações amorosas.

Complexidade e nuances

Reprodução: Hokkaido Gals Are Super Adorable!/Crunchyroll

Comparativamente, Nagatoro e Fuyuki representam versões diluídas do arquétipo sadodere, evitando as extremidades de violência física ou humilhação grave vistas em outros personagens desse tipo.

Ambas as personagens demonstram uma complexidade que vai além da simples provocação, mostrando que a sutileza nas suas ações pode ser tão impactante quanto as abordagens mais diretas. Enquanto os fãs podem debater sobre a classificação exata de Fuyuki, suas interações em “Hokkaido Gals Are Super Adorable!” permitem reviver os momentos memoráveis de “Don’t Toy With Me, Miss Nagatoro”, apresentando uma nova perspectiva sobre as dinâmicas de provocações amorosas no anime.

Leia também: 10 melhores animes de romance Tsundere

Hokkaido Gals Are Super Adorable! está disponível na Crunchyroll.

Daniel Oliveira

Criador do animerant.com.br. Desenvolvedor e webmaster que trabalha como escritor e principal editor de notícias para o site.

Compartilhar
Publicado por
Tags: anime

Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade