Categorias Anime & Mangá

E se Dragon Ball fosse lançado hoje?

Publicado por

Destaques

  • Se Dragon Ball fosse lançado nos dias de hoje, isso mudaria a influência desse mangá e anime em outras obras do mesmo gênero, levando-as a buscar inspiração em outras fontes.
  • Aspectos explícitos, violentos ou controversos presentes em “Dragon Ball” nos anos 80 seriam provavelmente suavizados ou eliminados em uma versão atual, resultando em um produto mais parecido com “Dragon Ball Super”, que gerou divisões entre os fãs.
  • Sob as normas atuais da Shonen Jump, “Dragon Ball” enfrentaria dificuldades para manter seu sucesso a longo prazo, correndo o risco de ter sua publicação limitada aos primeiros 30 capítulos.

Akira Toriyama criou em Dragon Ball um anime extremamente influente e famoso, com um impacto significativo em diversos gêneros de anime e mangá, particularmente no battle shonen. A série se destacou por transcender fronteiras culturais, influenciando artistas e animadores ao redor do mundo. Apesar de algumas de suas práticas não serem mais aceitáveis pelos padrões atuais, “Dragon Ball” continua sendo um ícone cultural.

Imaginar um mundo onde “Dragon Ball” foi lançado em 2023, em vez de 1984, é desafiador. A série teve um papel crucial na cultura pop, e sua ausência teórica teria efeitos profundos. Há dúvidas sobre como “Dragon Ball” se adaptaria ao ambiente comercial moderno, apesar de ser um clássico atemporal. A série poderia ainda ser um sucesso e inspirar gerações futuras, mas isso requer uma compreensão de como “Dragon Ball” moldou o mundo e a necessidade de adaptação aos padrões contemporâneos.

E se Dragon Ball não existisse nos anos 80?

Sem “Dragon Ball”, o mangá de batalha shonen moderno seria drasticamente diferente. Desde tropos de shonen, coreografia de luta, rivalidades, até arquétipos de personagens e estética, muitos elementos do gênero têm raízes em “Dragon Ball”. Séries como “Black Clover“, “Bleach“, “Naruto“, “One Piece” e “Toriko” foram fortemente influenciadas por “Dragon Ball”, principalmente em aspectos de lutas e desenvolvimento de poder.

Mesmo animes não centrados em batalha, como “Food Wars” e “Slam Dunk”, refletem as rivalidades e a escalada de desafios presentes em “Dragon Ball”. O legado da série é vasto, influenciando continuamente novas obras. Na ausência de “Dragon Ball”, outros mangás da Era de Ouro da Shonen Jump, como “City Hunter” ou “JoJo’s Bizarre Adventure”, poderiam ter sido as principais fontes de inspiração.

Semelhanças com outras séries da mesma era

“Saint Seiya: Cavaleiros do Zodíaco” e “Yu Yu Hakusho” são exemplos de séries da mesma época com semelhanças com “Dragon Ball”. “Saint Seiya” se destacou por temas como amizade e persistência, além de apresentar transformações poderosas antes mesmo de “Dragon Ball Z”. “Yu Yu Hakusho” compartilhava elementos de lutas e níveis de poder, mas também se diferenciava por seus personagens realistas e elementos sobrenaturais. Sem “Dragon Ball”, séries como “Yu Yu Hakusho” teriam se desenvolvido de maneira diferente, especialmente em seus arcos iniciais.

Um Dragon Ball moderno seria censurado?

Se “Dragon Ball” fosse lançado hoje, muitos de seus elementos originais seriam alterados ou removidos devido à censura moderna. Versões mais recentes, como “Dragon Ball Z Kai”, já apresentam adaptações censuradas para atender a públicos mais jovens e a mercados internacionais. Isso inclui a remoção de palavrões, ajustes em cenas de violência, e retratos mais respeitosos de personagens de diferentes etnias.

“Dragon Ball Super” reflete como a franquia seria na era moderna: lutas tecnicamente avançadas com menos violência gráfica, mortes menos brutais, e ausência de nudez ou gestos ofensivos. O tratamento de personagens negros é mais respeitoso, e a comédia também foi adaptada para evitar conteúdo ofensivo ou inapropriado.

Embora adaptado aos padrões contemporâneos, “Dragon Ball Super” ainda mantém elementos da série original, como referências à morte e conceitos religiosos. A versão em inglês inclui linguagem forte para atingir uma classificação mais adulta, mostrando um equilíbrio entre preservar a essência da série e adaptá-la a novos públicos.

Dragon Ball sobreviveria no Shonen Jump moderno?

“Dragon Ball” enfrentaria desafios para manter sua relevância e sucesso no Shonen Jump moderno. A série precisaria demonstrar que seus tropos e abordagens, embora clássicos, ainda são inovadores e envolventes para o público atual.

Para prosperar hoje, “Dragon Ball” teria que usar seus tropos de maneira criativa e original. A estética e o design distintos de Toriyama, a mistura de comédia e ação, e os elementos únicos de fantasia e ficção científica são aspectos que ajudariam a série a se destacar no cenário atual.

Um potencial desafio seria o ritmo narrativo de “Dragon Ball”, que pode parecer lento comparado aos padrões atuais do Shonen Jump. A série teria que equilibrar sua narrativa e desenvolvimento de mundo com a necessidade de progressão rápida e ação para manter o interesse dos leitores modernos.

Dragon Ball está melhor como um mangá dos anos 80?

“Dragon Ball” é frequentemente considerado atemporal, mas muitos dos seus elementos são reflexos da época em que foi criado, os anos 80. Elementos hoje censuráveis, como violência e conteúdo explícito, não apenas constituem pequenas partes da série, mas também foram fundamentais na formação da sua identidade. “Dragon Ball” é mais autêntico e impactante com estes aspectos intactos.

Os antagonistas de “Dragon Ball” foram inspirados por aspectos culturais e sociais dos anos 80 e 90. Por exemplo, a saga dos Androides tem semelhanças com “O Exterminador do Futuro” (1984), e Freeza foi influenciado pelo xenomorfo de “Alien” e pelos especuladores imobiliários da época. Piccolo, por sua vez, teve inspiração no primeiro editor de Toriyama. Se “Dragon Ball” fosse criado hoje, esses personagens teriam que ser fundamentalmente diferentes.

O legado de “Dragon Ball” vai além das páginas da Shonen Jump, influenciando uma vasta gama de mangás e animes. As aventuras de Son Goku inspiraram inúmeras obras, estabelecendo o gênero mangá de batalha.

Para que um “Dragon Ball” moderno fosse tão significativo quanto o original, ele teria que inspirar uma nova onda de mangás e animes com o mesmo impacto cultural. No entanto, a tendência atual da Shonen Jump de cancelar prematuramente séries, mesmo as promissoras, cria uma incerteza sobre o sucesso e a influência duradoura de um hipotético “Dragon Ball” contemporâneo.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias de anime.

Daniel Oliveira

Criador e escritor do site animerant.com.br. O site foi criado exclusivamente para comentar sobre os animes e mangás e oferecer entretenimento geek para os entusiastas do meio.

Publicado por
Tags: dragon ball

Posts recentes

Spoilers completos do capítulo 257 de Jujutsu Kaisen

Meus amigos, se preparem para grandes revelações com os spoilers do capítulo 257 de Jujutsu…

18/04/2024

Naruto: Boruto Uzumaki é mais forte que Naruto?

Naruto Uzumaki é um dos personagens mais marcantes do mundo dos animes, e na série…

15/04/2024

One Piece pode revelar uma nova classe oculta de frutas do diabo

As Akuma no Mi são essenciais no universo de One Piece e, com o passar…

15/04/2024

6 personagens que nunca deveriam ter se tornado Kage em Naruto

Esses personagens de Naruto causaram muitos problemas para suas aldeias. 6. Hashirama Senju Deixou a…

15/04/2024

Os 6 Otsutsuki mais poderosos de Boruto, ranqueados por força

Os Otsutsuki estão entre os personagens mais poderosos de Boruto, mas sua força não é…

15/04/2024

6 personagens de One Piece que Zoro não conseguiu vencer sozinho

Roronoa Zoro, o espadachim dos Piratas do Chapéu de Palha em One Piece, sempre teve…

15/04/2024

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site.

Leia mais