Anime & Mangá

A transformação de Eren em vilão faz todo sentido em Attack on Titan

Publicado por

No universo de “Attack on Titan”, a transformação de Eren Yeager em um antagonista ao final da série tem sido objeto de polêmica, muitas vezes considerada forçada ou injustificada.

No entanto, examinando cuidadosamente o contexto e as circunstâncias da vida de Eren, essa transição se apresenta como uma evolução natural do personagem.

A virada de Eren Yeager para o vilão é a consequência natural de suas circunstâncias

Desde tenra idade, Eren foi confrontado com violência e tragédia. Quando tinha apenas uma idade monossilábica, menos de dez anos, ele matou para salvar Mikasa dos sequestradores.

Subsequentemente, um Titã devorou sua mãe bem diante de seus olhos, um evento traumático que mais tarde ele descobriria ter sido orquestrado por Marley.

Essa experiência, aliada a outras, nutriu um ódio profundo em Eren contra os Titãs. Entretanto, seu próprio pai injetou nele um soro de Titã, tornando-o, ironicamente, aquilo que ele mais odiava.

Ao longo do tempo, Eren descobre chocantes verdades sobre sua existência e as motivações de seus amigos mais próximos, Bertholdt e Reiner. Essas revelações corroem ainda mais sua já frágil resiliência mental.

Embora, na juventude, ele confiasse em figuras como Mikasa, seu mundo se desmorona quando ele percebe que sua luta não era tão nobre quanto ele pensava; era uma disputa geopolítica complexa.

Nesse momento crucial, Eren reavalia seu sistema de crenças e abraça uma visão niilista da humanidade, decidindo agir para proteger seu povo seguindo uma visão absolutista da “sobrevivência do mais apto”.

Nessa encruzilhada emocional, ele busca indiretamente o conselho de Mikasa, talvez buscando um último fragmento de humanidade. A falta de clareza na resposta dela só solidifica ainda mais sua decisão catastrófica.

Sem remorso ou dúvida, Eren encara sua escolha como a única via possível, dadas as circunstâncias.

Portanto, em vez de ser uma mudança abrupta ou injustificada, a transição de Eren para um vilão foi, na realidade, um resultado inevitável das circunstâncias extraordinárias e angustiantes que moldaram sua vida desde o início.

Ele não é um monstro, mas uma vítima de um ambiente que o forçou a fazer escolhas impossíveis. No final, Eren Yeager é uma figura trágica, compelida por uma série de eventos incontroláveis e escolhas agonizantes que culminam em sua decisão final.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias de anime.

Matheus Gimenez

Escritor do animerant.com.br e um entusiasta do universo dos animes que não curte muito mangás, mas quando pega para ler, termina em pouquíssimo tempo.

Posts recentes

Dragon Ball confirmou a forma mais forte de Goku

A galera que acompanha Dragon Ball estava super empolgada com o Capítulo 101 do mangá.…

04/03/2024

Jujutsu Kaisen 252: Maki Vs Sukuna começa

Jujutsu Kaisen deu as caras de novo depois de uma pausa de duas semanas, e…

04/03/2024

5 lutas mais incompatíveis em Naruto

Na obra de Masashi Kishimoto, Naruto, o engano e a desorientação são a alma das…

04/03/2024

Como os gigantes Elbaf podem ajudar Luffy a se tornar o rei dos piratas?

No universo de One Piece, a diversidade é o que não falta. Temos desde Homens-Peixe…

04/03/2024

Hell’s Paradise: o que esperar da 2ª temporada (de acordo com o mangá)

Todo mundo está na maior expectativa pela segunda temporada de Hell's Paradise. Ainda sem data…

04/03/2024

One Piece: O que a chegada do Gorosei em Egghead significa para os piratas chapéus de palha?

No capítulo 1109 de One Piece, a ação foi pra lá de eletrizante no arco…

04/03/2024

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site.

Leia mais